Yoga: alternativa para saúde mental no mundo corporativo

Ser mentalmente saudável é estar bem consigo mesmo e com os outros. Através da prática de Yoga a pessoa desenvolve habilidades de autoconhecimento, resiliência e compaixão para suportar as adversidades mundanas e realizar seus ideais de vida.


Por Redação Entre Asanas



De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e, ainda, contribuir com a sua comunidade. A saúde mental significa ter muito mais do que a ausência de doenças mentais. Ela está relacionada à forma como as pessoas reagem às exigências da vida e ao modo como harmonizam seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções.

De modo geral, ser mentalmente saudável é, então, estar bem consigo mesmo e com os outros.

Já no Sistema Filosófico do Yoga (nome oficial do Yoga), a "saúde mental" é alcançada e, principalmente, mantida a partir da assimilação de conhecimentos e disciplinas de cunho mental, corporal e comportamental. Através da prática de Yoga, a pessoa desenvolve habilidades de autoconhecimento, resiliência e compaixão para suportar as adversidades mundanas e realizar seus ideais de vida.


No mundo corporativo, assim como na vida, existem também essas adversidades. Dentro das organizações, as pessoas ainda dependem de habilidades intelectuais e, principalmente, emocionais para discernir entre vontades e necessidades, para alcançar suas metas e entregar os resultados esperados pela empresa que, no final das contas, é quem banca o ecossistema econômico.


As cobranças partem de todos os lados, inclusive do lado de dentro. E é, justamente, nesse jogo de prioridades e julgamentos que a pessoa (o Ser) começa a refletir certos padrões comportamentais, que são consequência de condicionamentos e restrições, e terminam por promover uma verdadeira distorção da sua identidade. Não sabe quem realmente é, o que faz e porque faz aquele trabalho.



A partir desse contexto, a saúde mental vem ganhando cada vez mais notoriedade nas empresas, já que é um importante fator para ajustar os objetivos e metas da empresa com as habilidades e os objetivos dos colaboradores que fazem parte dela.

Estar bem significa refletir sua melhor versão e, consequentemente, desempenhar suas atividades com proficiência, eficácia e felicidade. Por isso, as reflexões acerca da saúde e do bem estar mental começam a virar pauta no setor de RH (Recursos Humanos), se tornando um tema (quase) obrigatória para as organizações para expandir um melhor desempenho dos colaboradores e, também, do negócio.


Excesso de Informação: menos é mais



Atualmente, o excesso de informação cresce de forma exponencial e, juntamente com o advento da massificação da ignorância, promovido pelas mídias tradicionais e digitais, se tornam os responsáveis pelo aumento de casos de ansiedade e depressão em todos os cantos do globo.

Por isso, é fundamental saber filtrar o conteúdo que chega até você.

Ficar conectado o tempo todo, assistir demasiadamente a noticiários, ou ficar tempo demais nas redes sociais são hábitos que prejudicam a saúde mental e podem impactar. negativamente. na saúde geral a longo prazo.

Não à toa, a quantidade de pessoas que vêm optando por se estabelecer fora dos grandes centros urbanos vem aumentando a cada ano. São, em geral, jovens adultos, que optam conscientemente por viver um padrão de vida mais saudável, conectado com questões acerca da sustentabilidade do ecossistema, da qualidade de vida e da realização de ideais e filosofias de vida, que vem influenciando gradualmente o ponto de vista das pessoas sobre o que realmente é ser feliz.

Yoga e meditação como ferramenta de saúde mental e bem estar



O Yoga disponibiliza filosofias e técnicas que podem ser utilizadas nas situações adversas do dia a dia.

O Sistema Filosófico do Yoga é um conhecimento que ajuda milhões de pessoas no mundo inteiro a superar desconfortos físicos e psicológicos, de modo relativamente simples, bastando um compromisso verdadeiro (disciplina) para obter benefícios notáveis.


A prática regular de Yoga nos ensina que se a pessoa não tiver sucesso no intento de evitar ações negativas, vivenciará o sofrimento, mesmo que tenha grande vontade de evitá-lo. Da mesma forma, nos ensina a realizar ações positivas no dia a dia, para experienciar o alcance da felicidade.


Por isso, é uma excelente ferramenta. Pois contribui para o alinhamento de vontades e necessidades. De pessoas e, consequentemente, das organizações.

[]


Descubra mais sobre Yoga e Meditação através da PLATAFORMADEYOGA.COM.BR .

O conhecimento transformar!

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo