Veganismo possível!

Produtos veganos que cabem no bolso

Por Brenda Reis


Uma das desculpas que mais se ouve para as pessoas não aderirem ao veganismo é o valor, muitas delas afirmam que ser vegano é muito caro. Entretanto, muitos produtos de origem não animal são mais em conta do que parecem.


O veganismo é uma vertente para a proteção do meio ambiente, de acordo com pesquisadores

da Universidade de Oxford, na Inglaterra, os produtos de origem animal são um dos piores

inimigos ambientais existentes. Os resultados da pesquisa mostram que sem a produção de

carnes e laticínios o uso global de terras para alimentar a população do mundo pode ser

reduzido em mais de 75%.


Além disso, o faturamento obtido pela pecuária nem chega perto

do impacto gerado no meio ambiente, um levantamento realizado pelo Conselho Empresarial

Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) em conjunto com a Agência Alemã

para a Cooperação Internacional (GIZ), comprovou que a cada R$ 1 milhão de faturamento,

R$ 22 milhões são gerados de impacto.


Cabe no bolso!


Uma das desculpas que mais se ouve para as pessoas não aderirem ao veganismo é o valor,

muitas delas afirmam que ser vegano é muito caro. Entretanto, muitos produtos de origem

não animal são mais em conta do que parecem.


O veganismo não está só na alimentação, mas também no uso de cosméticos, roupas e

acessórios. Ou seja, na hora de comprar aquele shampoo, perfume e rímel é interessante

verificar na embalagem se eles são veganos e cruelty free, não testados em animais. Algumas

linhas brasileiras recebem este selo, além de ter preços bem em conta, como é o caso da Lola

Cosmetics e Skala Cosméticos.



Outros empresas nacionais e baratinhas são:


● Surya Brasil
● Reserva Folio
● Herbia
● Sal da Terra Saboaria Artesanal

Já na parte de alimentação a primeira dica é frequentar mais as feiras, além de encontrar

produtos de origem vegetal, o preço normalmente é mais em conta do que nos mercados.


Outra dica é evitar os industrializados, esses tipos de refeição costumam ter um valor mais alto, não ajudando no bolso, assim sendo, "o faça você mesmo" é a melhor saída, assim como, na alimentação não vegana.


Em diversas ocasiões os pratos veganos já estão inclusos no nosso cardápio, porém a

normalização acaba nos fazendo esquecer desse fator. Muitas vezes só é preciso se atentar um

pouco mais e ir aos poucos realizando cortes nos produtos e vestimentas não veganas. Não é

fácil mudar um hábito de vida da noite para o dia, mas pouco a pouco as mudanças podem ser

concluídas.


[]






Formação em Yoga Presencial

No mês de julho, o Singular Yoga terá turma presencial na sede da Escola Riserva Zen, no Rio de Janeiro.

Se você tem interesse, basta acessar o link e garantir sua inscrição: https://www.singularyoga.com.br/cursodeformacao

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo