Os obstáculos do caminho da Yoga

Explicando melhor os Kleshas, obstáculos no caminho do yoga de acordo com o livro Yoga Sutras de Patanjali (parte I)


Por Luiza Manhardt @luanoyoga


Sabendo que estamos cada vez mais reclusos da vida externa e nos colocando mais em casa e ressignificando o nosso lar, nos reconectando com os afazeres e home office, o espaço de tempo para nos conectarmos á prática diária do Yoga vem sendo perdido. Justamente por não nos colocarmos em prioridade nestes momentos. Neste sentido, esse texto vem no intuito de salientar o conhecimento milenar desta terapia que é o yoga mostrando os obstáculos que temos na prática diária e a importância de não deixarmos de praticar e que sua rotina pode sim ser administrada com nossos afazeres dentro de casa.

Este texto vai relacionar os obstáculos e desafios de mantermos nossa prática ativa para que essa vontade não se dissipe e acabe se tornando mais um tópico na sua agenda. Assim como a prática da vida que passamos por circunstâncias e desafios que aparecem para mantermos determinada concentração e atenção. Todos os seres humanos passam por isso, e é por isso que o livro Yoga Sutras de Patanjali é tão atual. Ele comenta os obstáculos que enfrentamos na prática que nos desconecta do propósito no Yoga, que é chamado de Kleshas.

Afinal o que são “Kleshas”? No capítulo 1 Patanjali comenta sobre alguns obstáculos que contribuem para esta agitação da mente, ou seja, distúrbios mentais. Já no segundo capítulo, no Sutra 2.3 do livro, é abordado os ‘Kleshas’ como os principais distanciamentos que temos na rotina de práticas, kleshas do sânscrito “significa sofrimento ou aquilo que causa sofrimento ou que atormenta”. Eles são cinco e serão explicados a seguir:

1) Avidya - ignorância 2) Asmita – falso conceito do eu 3) Raga – apego /gosto 4) Dvesa - aversão/desgosto 5) Abhinivesa – medo da extinção ou da morte

Ainda denota que o primeiro klesha - avidya - é a causa de todos os outros. É como se a ignorância fosse a semente, e como toda semente precisa de um campo fértil para, esta mesma semente ser plantada e possa germinar. Usei uma metáfora para demonstrar que, a ignorância é a base de todo sofrimento independente da circunstância. No Sutra 2.11 “ As expressões deles (dos kleshas) devem ser abandonadas através da meditação” denota que os kleshas e suas expressões devem ser abandonadas somente pela aquietação da mente, ou seja, a meditação.

Se conseguirmos eliminar os chamados vrittis (movimentos mentais) estaremos prontos para abandonar a causa do sofrimento. No mesmo sutra Patanjali relembra: “A meditação é um processo mental que inclui o questionamento deliberado e a contemplação. Neste processo o yogin (praticante de yoga) consegue perceber todo movimento sutil de sua mente antes que tome forma e se evidencie”

Neste sentido quando trago um dos primeiros sutras do livro que fazem ligação com o anterior: Y.S 1.2 “yogachittavrittinirodha” Yoga é o controle dos movimentos da mente”, é possível concluir que, a prática de yoga é baseada nos movimentos da mente, e os caminhos, circunstâncias, obstáculos para chegar até a libertação a meditação torna um dos passos essenciais da jornada de se autoconhecer.


Para que nossa prática pessoal de Yoga possa seguir com liberdade, inspiração, constância é preciso identificar e se questionar quando estes momentos de ignorância, dúvida, visão do eu equivocada, apego, aversão e medo acontecem. Precisamos reconhecer nossa sombra para alcançarmos a luz interna, isso é Yoga. Os obstáculos são normais, assim como na prática, a vida também passa por várias situações para criarmos resiliência, sabedoria e vivência, e o que muda aqui é a forma como lidamos com eles até chegarmos na elevação de consciência, por fim no autoconhecimento.



Fonte: Yoga Sutras de Patanjali – Gloria Arieira



[] Luiza é professora de Yoga certificada, e é apaixonada pela prática de Ashtanga Vinyasa e Chandra Yoga, escritora e estudiosa pelas ciclicidades da Lua e da Terra, das escrituras do Yoga e seus textos milenares. O seu propósito aqui na Terra é poder se autoconhecer através da prática de Yoga e poder proporcionar e passar conhecimento diante de tantos saberes ancestrais, reconhecer seu potencial criativo e ter humildade para fazer trocas de saberes e estudos para resgatar nosso propósito espiritual para evolução aqui na Terra.




Entre Asanas

Entre Asanas. Sua Revista Digital Interativa de Yoga & Bem estar. 

© Copyright 2020 |  Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo publicado neste site.

Os artigos e conteúdo multimídia publicados aqui são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores. As expressões e opiniões neles emitidas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste meio de comunicação.

Realização:

Escola Riserva Zen Yoga Life

@riservazen

www.riservazen.com

 

Jornalista responsável: 

Luciana Cavaliere

JP28874-RJ

Permaneça conectado

Assine nossa lista exclusiva e participe de sorteios.

Receba inspirações diariamente

e fique bem!

Entre em contato

Av. Gastão Genges 395

Rio de Janeiro RJ 22631-280

REDAÇÃO:

contato@revistaentreasanas.com.br

whatsapp: (21) 99307-1327

  • íco do Fcebook Cinza
  • Ícone do Twitter Cinza
  • Ícone do Instagram Cinza