ONGs e entidades enfrentam dificuldades para combater o cononavírus

Projetos sociais estão na frente de batalha para ajudar famílias carentes, e buscam apoio de empresas para não haver interrupção de atividades


Por Redação Entre Asanas @entreasanas

As ONGs e entidades sem fins lucrativos são protagonistas na gestão de serviços essenciais, como saúde, educação e assistência social. E em momentos de crise, sua participação torna-se ainda mais fundamental no apoio e administração de projetos de assistência social, desenvolvendo um importante suporte no atendimento da população carente, mantendo contato direto com famílias em situação de vulnerabilidade social e provendo informações e orientação à comunidade.


Não bastasse as dificuldades enfrentadas corriqueiramente, em tempos de normalidade, para arrecadar doações e fazer com que cheguem aos mais necessitados, agora o setor filantrópico enfrenta o seu maior desafio; continuar operando e apoiando quem mais precisa em meio a uma grave pandemia, quando todos estão isolados, enfrentando riscos de contaminação e vendo suas fontes de receitas secar.


A agradável surpresa vem do setor empresarial, que vem mostrando grande poder de mobilização para colaborar com projetos governamentais e de entidades sem fins lucrativos. São incontáveis as iniciativas de empresários e empresárias que estão suportando estas redes de apoio social, alocando recursos financeiros, humanos e logísticos para minimizar os impactos da crise nas comunidades carentes.


Segundo a ABCR (Associação Brasileira de Captadores de Recursos) as doações do setor privado já superam os R$ 2 bilhões, e a cada dia mais empresas se engajam em projetos de combate ao coronavírus, apoiando hospitais e organizações não governamentais, que estão na linha de frente da batalha, atendendo as pessoas que estão sofrendo mais nesse momento.


Vivemos uma situação inusitada que vai demandar uma mobilização sincronizada dos diversos atores sócio-econômicos para que tudo volte a normalidade. O importante é perceber a luz no fim do túnel. É nessas horas que as coisas precisam funcionar direito. Que quem pode, apoia, e quem precisa, é apoiado. A colaboração é a palavra-chave e os meios tecnológicos estão ai para fazer a ponte e agilizar o processo.


Essa semana a redação do Entre Asanas ouviu a opinião de Iraci Noronha (@iracicamposnoronh), presidente do Centro Espírita Joanna Ângelis, na Barra da Tijuca. Ela falou sobre as dificuldades e desafios que o CEJA está enfrentando durante a crise para manter seus projetos sociais e continuar apoiando famílias carentes na zona oeste da cidade do Rio. A seguir a entrevista, que foi feita por meios digitais:



Quais são as principais ações e projetos sociais realizados pelo CEJA?

Através do Instituto Mãos Unidas, mantido pelo CEJA Barra, atendemos 600 famílias de comunidades da Zona Oeste, localizadas na região da Barra da Tijuca e adjacências.

Entre os serviços prestados temos: atendimento médico, doação de medicamentos, assistência jurídica, psicológica, curso de inglês, informática, apoio escolar, assistência social, doação de leite para crianças e idosos, doação de cesta básica e, através da Equipe Paulo de Tarso, também realizamos a distribuição semanal de quentinhas para nossos irmãos, ora moradores de rua.

Como enxerga que a crise do coronavirus vai impactar as comunidades carentes?

A crise chegou em um grave momento social e econômico em nosso país, onde a população carente já se encontrava em uma situação muito frágil de subemprego e agora com uma quantidade exorbitante de desempregados, sem possibilidade de sustento devido ao isolamento, passando todos os tipos de necessidades inimagináveis, e com uma contaminação em quantidade avassaladora, devido à falta de saneamento água potável e a precariedade de higiene no meio em que moram, proporcionando uma disseminação do Covid19 ainda maior do que o esperado.

O isolamento social recente teve algum impacto no fluxos doações que vocês costumam receber? E qual foi o impacto na execução e cronograma dos projetos? Que alternativas vocês estão buscando para manter as arrecadações? Como e onde as pessoas podem doar?

O isolamento social causou um grande impacto, prejudicando muito o fluxo de doações ao CEJA-BARRA que mantém o Instituto Mãos Unidas.

As doações reduziram absurdamente devido o fechamento temporário da casa, impedindo receber semanalmente os milhares frequentadores presenciais. Causando assim dificuldades, ainda maiores, para conseguir angariar mais de 10 t de alimentos que são distribuídas mensalmente as 600 famílias carentes cadastras no CEJA, que vivem em situação de miséria.

Ampliou-se, também, a dificuldade em adquirir as mais de 200 latas de leite que são fornecidas semanalmente no Programa para crianças até três anos e para idosos, gerando uma deficiência maior e angústias às mãezinhas.

Estamos buscando parcerias com instituições, empresas que que promovam a campanha de doação de alimentos, e que possam nos auxiliar nas diversas demandas, como material de Jin, material de pesquisa, álcool gel, máscaras, medicamentos, de doações em espécie para que possamos comprar botijões de gás e complementar parte do aluguel para que as famílias não sejam colocadas na rua.

As doações poderão ser feitas diretamente no CEJA Barra de segunda à sábado das 9:00 às 18:00hs; nos amigos parceiros como a campanha da Semana Zen, promovido pelo Entre Asanas - Revista Digital de Yoga e Bem Estar; ou depósito na conta: CEJA-Barra CNPJ - 09.088.483.0001/00 Banco Santander- 033 Agência- 4395 Conta Corrente: 13002053-5


[]



Participe da Semana Zen 2020 e apoie o projeto Obra Social Mãos Unidas, do CEJA Barra.


As atividade online da Semana Zen 2020 serão anunciadas esta semana no instagram. As aulas e palestras vão abordar temas diversos de Saúde e Bem-estar como Yoga, Terapias Alternativas, Psicologia e Mindfulness, além de temas ligados a Inovação e Empreendedorismo.


DOAÇÕES


Para participar do evento basta fazer uma doação no valor de R$25, R$50 ou R$100.


Os participantes também poderão fazer a doação de alimentos e itens de higiene pessoal diretamente na sede do CEJA Barra.



Mais informações: revistaentreasanas.com.br/semanazen

Para doar: catarse.me/semanazen2020

Siga: @semanazen | @entreasanas


Confirma imagens da Semana Zen 2019





Entre Asanas

Entre Asanas. Sua Revista Digital Interativa de Yoga & Bem estar. 

© Copyright 2020 |  Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo publicado neste site.

Os artigos e conteúdo multimídia publicados aqui são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores. As expressões e opiniões neles emitidas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste meio de comunicação.

Realização:

Escola Riserva Zen Yoga Life

@riservazen

www.riservazen.com

 

Jornalista responsável: 

Luciana Cavaliere

JP28874-RJ

Permaneça conectado

Assine nossa lista exclusiva e participe de sorteios.

Receba inspirações diariamente

e fique bem!

Entre em contato

Av. Gastão Genges 395

Rio de Janeiro RJ 22631-280

REDAÇÃO:

contato@revistaentreasanas.com.br

whatsapp: (21) 99307-1327

  • íco do Fcebook Cinza
  • Ícone do Twitter Cinza
  • Ícone do Instagram Cinza