Cultivando humildade e moderação

Nem todos têm a mesma regalia, não é simpático ostentar em meio à pandemia.


Por Luciana Cavaliere @lucavaliere_yoga




Em um mundo onde poderíamos nesse momento rever nossos valores de empatia e dar importância ao bem-estar do próximo, podemos perceber como funciona o sistema do EU SOU, EU POSSUO.


O que é ostentar?

verbo

1.

transitivo direto e intransitivo e pronominal

mostrar(-se) ou exibir(-se) com aparato; alardear.

"o. erudição"

2.

transitivo direto e bitransitivo

apresentar [algo] (a outrem) de modo intencionalmente hostil; estampar, pavonear, vangloriar.

"na falta de argumentos, ostentou(-lhe) seu título de doutor"



A pandemia trouxe uma série de consequências, além da mais temida, a morte. Famílias no mundo todo passando por situações difíceis, nunca antes experimentada em nível tão dramático em questão de isolamento social, crise econômica e crise na saúde mental devido às pressões impostas pelo vírus.


Um estudo feito pelo Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) apontou que os casos de depressão praticamente dobraram desde o início da quarentena. Entre março e abril, dados coletados online indicam que o percentual de pessoas com depressão saltou de 4,2% para 8,0%, enquanto para os quadros de ansiedade o índice foi de 8,7% para 14,9%.

Então, se você está bem na quarentena, se a sua vida não mudou nada, se você está realizando sonhos, se você está muito feliz nesse momento, o mais sensato, sensível, e, principalmente, carismático é entender que a maioria está passando por situações difíceis, sem emprego, sem recursos, sem estrutura básica e colaborar com o próximo, ao invés de ostentar em redes sociais sua maravilhosa forma de passar por isso. O que você tem feito para ajudar?

Você dorme bem? Pois saiba que para a maioria o sono não é reparador como antes. Você tem um cenário pronto para viver bem diante da pandemia? Pois saiba que a incerteza sobre o dia de amanhã incomoda e gera ansiedade na maioria da população. Você está com o corpo saudável, se alimentando bem, tem tempo para fazer seus exercícios para passar pela quarentena? Pois saiba que corpo e mente da maioria da população está operando em outra frequência. Estão adoecendo pela instabilidade emocional e de estrutura para enfrentar a crise. 

Portanto, se você possui um perfil público, se tem muitos seguidores principalmente, atenção aos que você exibe. Nem todos têm a mesma regalia. E ostentar nesse contexto atual é o seu ego querendo se manifestar diante do sofrimento de muitos. Mais empatia, mais sensibilidade, mais solidariedade.



[]



Luciana Cavaliere é Jornalista, instrutora de Yoga e diretora geral da Escola Riserva Zen Yoga Life e da Revista Entre Asanas.


Entre Asanas

Entre Asanas. Sua Revista Digital Interativa de Yoga & Bem estar. 

© Copyright 2020 |  Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo publicado neste site.

Os artigos e conteúdo multimídia publicados aqui são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores. As expressões e opiniões neles emitidas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste meio de comunicação.

Realização:

Escola Riserva Zen Yoga Life

@riservazen

www.riservazen.com

 

Jornalista responsável: 

Luciana Cavaliere

JP28874-RJ

Permaneça conectado

Assine nossa lista exclusiva e participe de sorteios.

Receba inspirações diariamente

e fique bem!

Entre em contato

Av. Gastão Genges 395

Rio de Janeiro RJ 22631-280

REDAÇÃO:

contato@revistaentreasanas.com.br

whatsapp: (21) 99307-1327

  • íco do Fcebook Cinza
  • Ícone do Twitter Cinza
  • Ícone do Instagram Cinza